[lmais]platmovel

A vida, os Jogos e tudo mais! // Sobre Plataformas Móveis

Olá, companheiros de luta gamer. Tudo certinho? O texto a seguir vai mudar um pouco o discurso dessa coluna, mas acho que vai ser interessante dar uma lida e vai ser muito legal de se escrever, então aproveitem!

Bom dia, boa tarde e boa noite, Upadores de Level. Para celebrar essa nossa nova casa, resolvi escrever algo que foge completamente ao meu tom na coluna, pois tive alguns pensamentos interessantes.

Olhando para o meu celular e para o meu PSP, além de conversar com os nossos amigos Madruga, Wesley, Will e Rodit (não nessa ordem e nem sempre juntos), fiquei intrigado com o que nós chamamos de Portátil. É um ótimo companheiro para o caminho de volta para o trabalho (e, dependendo de como você vai, de ida também), assim como um bom livro (tenho mais costume de levar livros que o meu PSP, mas é meu vício).

Imagem Reprodução

Lembro de como era ter um portátil nos idos de 1990 e alguns (ou todos): Não tinha nada de portátil e nem era tão aconselhável andar com um (Porte de Arma era um requisito). Ter um celular era uma dádiva dos ninjas status e smartphones, quando iniciaram as produções, não serviam para 1/3 do que fazemos hoje. Olho para o meu Defy ou meu PSP e percebo que, além de ter me transformado em um velho, o mundo evoluiu mais do que eu esperava.

Isso também trouxe problemas, mas não quero ser um reclamão agora, deixo para outro post.

Andar por ai com um emulador trouxe um novo sopro para saudosistas, assim como um atrativo para quem não chegou a conhecer os jogos. Já me peguei jogando The Legend of Zelda: A Link to the Past na casa da minha namorada, enquanto ela tomava banho.  Agora, vou dar minha opinião sobre uma discussão recente: Eu não acho que os portáteis vão virar a nova linha das empresas ligadas ao mundo Gamer. É interessante ter algo pequeno com um poder de processamento de um Nintendo 64, por exemplo, mas não acredito que irá se tornar a próxima plataforma. Compensa se pensarmos que teremos algo com o que distrair a mente durante o trajeto, mas nem sempre teremos motivos ou saco para levar.

 

Imagem Reprodução

Um fator que devemos observar também é o fato de a inovação que vemos atualmente, como acelerômetro e coisas do tipo são atualizações velhas nos portáteis. Desde um dos WarioWare para GameBoy Advanced, o “acelerômetro” foi utilizado, pois para jogar em sí, era necessario girar o console. Acessórios bizarros também entram nessa lista, mas acho deselegante (hehehe) falar disso.

Agora vem a parte mais gostosa: A conversa via comentários! Comentem, reclamem, chorem, exponham suas opiniões nesse espaço e ajudem a todos nós a subirmos de level!

Beijo nas bundas de todos Até a próxima, seus lindo e

“É Assim que Nosso Fusca Upa de Level!”

levelmais
levelmais

- Artigo por