Fonte: http://www.aaapodcast.com/archives/4666/

A vida, os Jogos e tudo mais! // Para que serve o fanboy?

Olá, pessoas lindas. Estive observando argumentações, e preferências, ouvindo o Papo de Noob também, e comecei a pensar o que leva alguém a amar tanto algo, que o coloca acima de tudo, e que não aceita contra argumentação sobre esse algo.

Uma paixão que varia, podendo estar ligado a um jogo, a uma empresa ou até mesmo a uma personalidade do mundo (qualquer um deles ou todos juntos criam o conceito de Fanboy).

Cartucho do Super Mario World

Acredito que podemos, e devemos, ter preferências, porém não podemos nos prender, ou querer prender alguém, em um mundo datado, perdido e/ou sem sentido. Quando ultrapassamos a fronteira do simples gostar, para nos tornarmos capados a uma veneração sem sentido, começamos a perder relevância, e amigos também, afinal ninguém tem saco de agüentar discussão diária non sense.

Falta de capacidade de avançar

O que mais me intriga é como nós, os Nostálgicos (ou Old School, como eu e todos nós, velhos, preferimos nos chamar) tem se tornado, na realidade, fanboys descarados, que não aceitam mudanças no comportamento de empresas ou dos jogos. Nunca vou me esquecer das reclamações sobre a alteração da câmera em Resident Evil 4.

Sendo que, para mim, era preciso essa renovação, e isso deixou a jogabilidade mais interessante. Afinal, realmente dava para mirar na cabeça dos zumbis e das zumbeias! De fato, fez algum sentido ter um rifle sniper (minha arma preferida ever!)

 Gameplay Resident Evil 4

Os piores, na minha opinião de coco, sãos os que dizem que um jogo é a cópia de outro. Tem algum problema? Se deu certo, por que não poder ser um modelo para outros? Dá para abstrair isso e jogar tranquilamente. O que está em alta agora é comparar Hack’n’Slash com God of War. Nenhum jogo mais pode adotar esse tipo de jogabilidade porque se torna uma chupinhada de GoW.

Kratos em God of War 2

Meu veredicto

Todos merecem morrer! Acredito que, se não consegue lidar com a sua chatice gamística, abandone o ramo, ou comece a se tratar (eu apoio quem escolher a segunda opção), pois não temos muito para onde correr em certos aspectos, e a industria gamer vai continuar por esse caminho, afinal tem dado certo.

Obrigado de coração por estarem lendo esse texto, obrigado Zabuza por acreditar que meus textos tem alguma capacidade, e obrigado mãe e pai, por terem me feito!

Vou amar ver suas opiniões, upadores de nível, nos comentários e espero que eu tenha feito alguma diferença em meio a esse discussão acalorada.

Abração para todos e “Lets Rock! And Ride!

levelmais
levelmais

- Artigo por