Capitão Price

Recoil // E agora Price, qual será o destino do Call of Duty?

Os jogos de guerra tem tomado um forte rumo e desenvolvimento para o multiplayer, mas como ficarão aqueles jogadores que preferem o single player ou modo campanha? Qual o destino do Call of Duty?

Battlefield 3 veio com tudo para o multiplayer, com uma engine atualizada, deu um novo rumo, agora você vê os pés do seu “boneco”, com a física do jogo muito bem trabalhada, nova função de fogo de supressão e ou de dificultar a mira do oponente com laser foi uma grande jogada. Todos itens dão um plus a mais, mas o grande ponto, quais serão as novidades daqui pra frente?

Frost Engine para Battlefield 3

A franquia Call of Duty chegou ao número 8, com Call of Duty: Modern Warfare 3. O single player sempre é muito bom, mas curto. Uma coisa que a franquia carrega e acho espetacular, é que você se apega aos personagens.

Spoiler Dentro! (por conta e risco)

Quem não ficou maluco quando mataram Ghost e Roach, quando descobriu que Sheperd era o grande vilão.

O Price que está desde o Call of Duty 1, o pessoal já conhece aquele bigode clássico, inspirado em um herói militar inglês que eu acho fodástico.

Concept Art de 3 novos personagens chaves em Call of Duty

Eu fico imaginando o que será feito da franquia, o modo multiplayer do Modern Warfare 3 não sofreu grandes mudanças, uma grande reclamação dos jogadores, muita coisa herdada do Call of Duty: Black Ops, onde é necessário sempre estar se movimentando para que o você consiga um bom número de kills, diferente da outras séries do Modern Warfare, onde seguia a clássica organização: Snipers ao fundo, algumas pessoas fazendo fogo de supressão e o rushers indo com tudo, agora você tem que correr o tempo todo, isso não agrada muito, pois a muitos que jogam bem com a classe de snipers ficam correndo pelo mapa e com extrema desvantagem.

Battlefield 3 preparou isso muito bem, você segue “um objetivo” e sempre tem uma meta a ser realizada, desde bombardeios até capturar pontos do mapa. Já o single player não tem aquele plus que os MW têm, o Medal of Honor 2010 tentou aproveitar essa jogada, mas o personagem é sem carisma, o Price faz piadas, sempre tira um sarro do MacTavish, quer matar alguns de seus antigos inimigos, o jogo até volta no tempo para dar mais foco, para mostrar qual toda a fonte do Ódio.

Imagino que a franquia irá se tornar como o MAG, com o foco full online ou se tornará somente single, já que o multiplayer não tem sido grande coisa, mas também não vejo um cenário para adequar atualmente a franquia, penso eu que Call of Duty teve seu último single player.

DOOM ON YOU MR. TANGO! TASK FORCE 141

graffo
graffo

- Artigo por