topo

Serious Business // Casual ou hardcore?

Apesar de existirem os mais variados tipos de jogadores, assumiu-se como padrão na indústria a classificação básica deles como Casuais ou Hardcores, de acordo com o nível de contato com videogames e o tipo de experiência que preferem ter.

O que é um jogo casual?

A melhor definição que vi para jogo casual foi dada por Dave Roberts, CEO da PopCap:
“Jogos casuais são aqueles em que o jogador pode parar de jogar a qualquer momento, ficar meses sem jogar e, quando voltar, continuar a experiência sem que precise reaprender tudo”.

Uma interpretação, na minha opinião, errada de jogos casuais são os tão famosos ‘jogos sociais’, como Farmville e Cityville. Apesar de muitas vezes, direcionado para o mesmo público, essas ferramentas geralmente sequer possuem características de jogos (mas esse é um assunto que poderá ser tratato em outro post).

Um bom exemplo de jogo casual é o Angry Birds da Rovio, onde o jogador pode se dedicar por alguns minutos enquanto aguarda na fila do banco, e depois ficar meses sem sequer tocar no game. Quando voltar a jogar, não terá qualquer dificuldade em continuar.

Angry Birds - Jogo Casual

O que é um jogo hardcore?

Por sua vez, os jogos que são considerados hardcores são aqueles que exigem total atenção do jogador, onde há uma progressão de habilidades clara e que exigem a compreensão total do jogador das mecânicas do mesmo.

Talvez o melhor exemplo de jogo hardcore seja Half-Life 2 (talvez porque seja um dos meus jogos favoritos), onde é necessário que o jogador esteja atento ao desenvolvimento da história e se suas habilidades não progredirem junto com o jogo, ele simplesmente não conseguirá terminá-lo.

Games Hardcore

O que é melhor?

A classificação entre jogos e jogadores casuais ou hardcores é relativamente recente, apesar dos dois estilos de jogos existirem desde sempre. No entanto, essa classificação acabou por trazer uma carga de preconceito sobre os estilos. É comum ver jogadores que se consideram hardcore desprezando o mercado casual como se isso fosse uma praga para a indústria.

Um mercado próprio de jogos casuais trouxe um frescor novo para a indústria, inclusive influenciando a criação de vários estúdios independentes que nunca teriam a chance de se destacar no mercado devido ao alto custo de produção de jogos hardcore.

Os games casuais ainda são uma grande porta de entrada para novos jogadores, de todas as idades, que de outra forma não se interessariam por esse mercado.

Sem contar que, sinceramente, não consigo jogar Metal Gear Solid na fila do banco. Nem consigo convencer à minha mãe a tirar um x1 comigo no Call of Duty (isso seria bem engraçado, por sinal).

Da mesma maneira que, quando disponho de tempo, ambiente e equipamentos ideais, passo horas e horas desconectado do mundo real, e com nenhuma vontade de voltar pro Angry Birds.

O melhor estilo de jogo, é aquele que faz com que você se divirta. E PONTO!