Aria of Sorrow

Secret Stage // Castlevania Monster Handbook Parte 2

Olá Queridinhos! Resolvi escrever sobre Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow separadamente do resto por falta de espaço mesmo por serem uma parte intrigante de Castlevania para mim. Toda a história ao redor de Soma, a trama para um novo Lorde para a criatura do caos que é o castelo, de se passar em um tempo muito distante da era medieval e ainda sim ter aquele ar antigo no jogo inteiro, tudo é muito peculiar.

Falar um pouco dos jogos é bom, apenas a título de curiosidade. O Aria of Sorrow foi lançado em 2003 pela Konami, sendo o terceiro game da série Castlevania feito para Gameboy Advance e conta a historia de Soma Cruz, rapaz japonês que é a encarnação da alma de Dracula. O jogo inteiro se passa com ele e sua tchurminha da pesada tentando evitar que Soma se torne o novo Lorde das trevas. Podem jogar para saber mais, eu deixo.

Dawn of Sorrow foi lançado em 2005, sendo o primeiro game lançado para Nintendo DS. Neste game, a tchurma de Soma agora tem que lutar contra um culto maligno que quer porque quer trazer  Dracula de volta a vida, e para isso pretendem ter a cabeça de Soma em uma bandeja de prata.

Bem, chega de Lero-lero, e vamos para o que interessa, a lista!

Aria of Sorrow

Como devem ter percebido, o AoS é o meu 2° Castlevania favorito e eu o considero “irmão bonito” da dupla Sorrow [minha opinião, vale salientar] eu gostei muito, tanto pela estética quanto ate pela historia em si. E também pelo ARIKADO lindo do meu coração. E a jogabilidade é adorável. Fácil de entender, fácil de aplicar. Eu sei que ele é BEM parecido com o SotN, mas foi uma formula que deu certo, não foi?

Buer: Um dos grandes presidentes do inferno, controlava cinqüenta legiões demoníacas. Buer é representado como uma cabeça de leão com 5 pernas giratórias.

Durga: Criatura da cultura hindu, é uma das formas de Devi, a Deusa suprema. Mãe de Ganesha e outras entidades hindus. Representada como uma mulher com 8 braços armados de espadas.

Quetzalcoatl

Quetzalcoatl- A serpente Emplumada

Quetzalcoatl Deus Asteca criador do céu. É representado como uma cobra voadora. As vezes com asas.

Tsuchinoko: Criatura lendária do Japão, uma espécie fictícia de lagarto, apesar de relatos de pessoas que já o viram, ele nunca foi provado que existe.

Altair: A estrela mais brilhante na constelação de Aquila.

Chromage: O nome significa apenas “mago do tempo” mas sua aparência é baseada no coelho apressado de Alice no país das maravilhas.

Valkyrie: Deusa, serva de Odin na mitologia nórdica. Tinha a responsabilidade de escolher os melhores guerreiros mortos entre os mortais para leva-los até Valhala, o reino de Odin.

Triton: Deus grego, mensageiro do mar.

Cockatrice: Criatura lendária, provém de muitas culturas e possui múltiplas representações. As vezes um galo gigante, ou lagarto, ou dragão não voador. Em todos ele possui a capacidade de petrificar.

Cagnazzo: Demônio da “Divina comédia”, livro sobre o inferno escrito por Dante Alighieri.

Stolas

Stolas

Kicker Skeleton: Seu nome é comum, mas o monstro é baseado no Super Sentai japonês “Black Kamen Raider”. Repare no lenço vermelho e no seu golpe de chute, existe um equipamento que ele deixa que também é baseado no cinto do mesmo herói do Sentai.

Alastor: Mitologia grega. Representação de pecados que eram passados de pai para filho. Na demonologia cristã, ele é um executor do inferno.

Stolas: Uma coruja gigante e sábia vinda do inferno. Comanda vinte e seis legiões demoníacas.

Erinys: Deusa grega e romana da Vingança.

Lubicant: Um dos demônios da divina Comédia de Dante.

Balore: Ser da mitologia Irlandesa. Rei de uma raça de gigantes. Ele tinha apenas um olho capaz de matar qualquer um.

Dawn of Sorrow

Dawn of Sorrow… começou pecando pelo artista. Ayami Kojima não queria trabalhar com Nintendo DS, na verdade não queria mais trabalhar com portáteis. Então a solução? … ”Vamos colocar um artista com um traço bem clichê! A criançada adoorraaaaaa!” NO. GOD. NO GOD NO. Estragou a estética que o game tinha na minha mente. Aí, veio a jogabilidade. E me deu uma baita dor de cabeça. Mas devo admitir que tem uma monstraiada nova e interessante ali…

Warg: Lobo demoníaco da mitologia nórdica. Existiam três “Wargs”. Fenrir, Skoll e Hati.

Treant: Também chamado de “Ent”. Criatura mítica, uma arvore sábia. Criado por J.R.R Tolkien nos livros “O senhor dos Anéis”.

Mollusca: Nome científico do filo dos moluscos.

Amalaric: Filho do rei Alaric II. Foi o rei dos Visigodos, assassinado em 531. Existiu na vida real.

Draghignazzo: Um dos 12 Malebranche, uma casta de demônios do Inferno de Dante, no oitavo círculo do inferno, do livro A divina comédia, escrito por Dante Alighieri.

WakWak Tree

WakWak Tree

Wakwak Tree: Da mitologia islâmica, é uma árvore que tem seu fruto com forma de cabeças ou corpos humanos. Esses frutos gritavam do amanhecer até o pôr-do-sol para indicar a passagem do sol.

Barbariccia: Mais um demônio do Inferno de Dante, do livro A Divina comédia. Um dos comandantes das masmorras e prisões do inferno.

Homunculus: Lenda com muitos significados. Na alquimia, acreditava-se ser um ser humano com poderes mágicos que podia nascer sem intercurso sexual, utilizando objetos alquímicos lendários como a pedra filosofal.Os antigos cientistas chamavam o esperma de Homunculus, pois acreditavam que o espermatozoide era um homem pequeno que se desenvolvia dentro do óvulo materno. Homúnculos também é um termo filosófico para explicar um fenômeno usando o próprio fenômeno como explicação ou evidência.

Decarabia: Um grande Marquês do inferno, com trinta legiões de demônios a seu comando.

Bugbear: Criatura semelhante a Goblins e Hobgoblins. É representado por um humanoide marrom ou verde, de aparência horrenda e assustadora, muito usado no antigo folclore para assustar crianças. No jogo, ele é erroneamente uma mera cópia de paleta (um sprite copiado do próprio jogo com leves modificações) do Peeping Eye, apenas com a cor diferente.

Mothman: Criatura que supostamente foi vista no Oeste da Virgínia em 1966, perto de Clendenin. Um monstro humanoide com asas de borboleta ou mariposa. Uma lenda urbana.

Mushussu

Mushussu

Mushussu: Um dragão da mitologia Babilônica. Protetor da Porta de Ishtar, o oitavo portal da cidade da Babilônia.

Malacoda: Demônio do inferno de Dante, do livro A divina comédia. Líder do Malabranche, a casta de demônios do oitavo círculo do inferno.

Rahab: Demônio do folclore Judeu, o dragão do mar, comandante dos mares.

Abaddon: Chefe dos demônios dá hierarquia 70. Costuma ser representado como um ser humanoide vermelho, verde e azul, usando uma espada (próximo ao jogo, exceto que no game ele não usa espada).

Zephyr: Também chamado de Zephuros, mitologia grega. Deus grego dos ventos do oeste.
Então é isso. Espero que tenham gostado deste pequeno “Monstruario”.

Leia a Parte 1

Dúvidas e sugestões são sempre bem vindas! Deixe um lindo comentário ;D

Ps: Agradeço de novo Thiago “Akumaju” Geronimo por além de deixar que eu usasse a sua pesquisa, me deu vários toques sobre os games =D

ayawen
ayawen

- Artigo por