Moedas do Mario

Serious Business // Bancando jogos AAA

Jogos AAA estão cada vez mais caros de se produzir e de se comprar.

Orçamentos cinematográficos são gastos em anos de desenvolvimento de jogos que nem sempre conseguem o retorno esperado.

O modelo de negócio onde o jogador paga o preço completo do jogo é quebrado diante dessa realidade, principalmente quando temos jogos divertidíssimos no Steam e nas plataformas móveis.

Desde o início da geração atual várias empresas começaram a explorar novas maneiras de sustentar o investimento necessário para produzir um jogo através de novos modelos de negócio.

DLCs

Os Downloadable contents, ou DLCs, foram criados nos PCs, como forma de aumentar a vida útil de um jogo.

Com a popularização das redes de distribuição online nos consoles, os DLCs passaram a ser um aspecto importantíssimo no consumo de um jogo. Afinal, o que seria de Mass Effect sem o “Lair of the Shadow Broker“? (bem… continuaria sendo um ótimo jogo, mas vocês entenderam).

Os DLCs também acabaram se tornando uma forma de aumentar a rentabilidade daquele produto.

DLC Uncharted em Little Big Planet

Jogos como episódios

Uma outra prática que está se tornando bastante comum, principalmente com alguns adventures e jogos menores, é a divisão do game em episódios.

O jogador paga um preço menor por um episódio, se o jogo lhe interessar, pode continuar comprando os novos episódios.

Como o custo de produção de cada episódio é bem menor do que do jogo completo, o risco de se lançar um jogo nesse modelo é bem menor, já que cada episódio financia a produção do próximo.

Map packs

Os map packs são uma prática comum em jogos multiplayer, em especial FPS e RTS. O jogador pode comprar um pacote de mapas novos para jogar multiplayer, aumentando a rentabilidade e a vida útil do game.

Jogos como Zen Pinball são totalmente baseados nesse modelo.

Gears of War 2 Map Pack

Assinaturas

As assinaturas em jogos são uma prática comum em MMOs e foram apresentadas aos jogadores de FPS com o Call of Duty Elite, onde o jogador paga um valor de assinatura para receber uma série de produtos extras.

Call of Duty Elite

Esse tem sido um momento importante na indústria de games, onde as publishers estão experimentando novos modelos de negócio que não inviabilizem a compra do produto pelo usuário. Afinal, US$60,00 não é um preço baixo e aumentar esse valor acabaria por prejudicar o mercado.